Experiências do Dr. Silvana

Agrela1975
Mensagens: 2777
Registrado em: 17 Abr 2012 18:22

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Agrela1975 »

:shock: :shock: :shock:

Jesusss

Tô mais por fora q gordo em garupa de moto


:evil:

mperez
Mensagens: 71
Registrado em: 12 Set 2014 10:20

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por mperez »

Agrela1975 escreveu::shock: :shock: :shock:

Jesusss

Tô mais por fora q gordo em garupa de moto


:evil:
To mais perdido que cachorro em dia de mudança.....

Imagem

Avatar do usuário
Fabiano Marangon
Mensagens: 1812
Registrado em: 02 Mai 2012 16:28
Localização: São Paulo-ZN

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fabiano Marangon »

Eletrônica é física e física é matemática... :D :D :D

Abs,
Fabiano Marangon

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

Bem, vamos lá sobre os circuitos de luz de ré.
Corrijam-me pois posso estar errado.

Estes circuitos somente no analógico pois no digital o circuito está sempre energizado.
Vão funcionar no digital se tomamos a energia diretamente do motor.
No digital as luzes da frente ficarão sempre acesas se o circuito for tomado fora do motor

O terceiro circuito me parece que as luzes de ré acendem na hora que o controlador é liberado. O capacitor vai descarregar mantendo as luzes acesas o tempo que a energia armazenada no capacitor aguentar.
Não sei como descarrega, se é pelo motor ou pelos ledes da frente ou se fica ligado o freio, que me parece ser colocar terra na fase do controlador.

No segundo circuito não sei para que o resistor variável e a chave. Não sei para que o resistor de 22 ohms.
Também me parece descarregar pelo motor.
Neste circuito os ledes somente acendem quando o circuito é desenergizado.

No primeiro circuito o funcionamento é similar, cortando a alimentação a voltagem vai a zero em out e o capacitor descarrega pelos ledes e o resistor de 68 ohms

Alguém dá pitacos para podermos evoluir?
Fusaro

wesley190
Mensagens: 2201
Registrado em: 03 Mai 2012 14:00
Localização: BRASILIA DF

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por wesley190 »

:roll: :roll: :roll: :cry: :cry:
no fim, voces podem fazer um video pros leigos ?? como eu.... :lol: :lol: :lol:
Wesley Reis/ DF

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

SIMMM, amanhã ainda é Carnaval e vou ver se consigo montar o circuito em um protoboard para ver o que funciona.
Estou com saudades de montar circuitos com led.
A porcaria é que a minha mesa zoneou por completo. Já estou até usando um ap vizinho que vagou... kakakkakakaka
Fusaro

Avatar do usuário
Fabiano Marangon
Mensagens: 1812
Registrado em: 02 Mai 2012 16:28
Localização: São Paulo-ZN

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fabiano Marangon »

Fala pessoal,

Mais um esquema:
Imagem
Esse esquema traz a ligação elétrica completa de uma pista analógica com acelerador e o carro,porém,a parte de iluminação pode ser usada em carros digitais por estar conectada diretamente no motor...

Abs,
Fabiano Marangon

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

kakakakak
Gostei demais deste esquema.
Vou comparar com os outros que tenho, afinal uma dúvida enorme minha é como funciona o sistema de freio de um carro analógico, e neste esquema tem todo o circuito.
Muito bom!!!
Fusaro

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

Alô pessoal, depois de praticamente um ano sem fazer nada de interessante, estou de volta com as minhas experiências.
Como estou estudando os carros com chassis de latão e arame, passo a ter a possibilidade de usar pneus mais largos do que os usados no SCX.
Os pneus são baratos, R$15 com cubo e tudo, porém vêm com o diâmetro padrão enorme, para serem desbastados pelo comprador.
Por outro lado, com a dificuldade de obtenção de pneus SCX (e de outras réplicas também) e vendo que já tem outras pessoas aqui no Fórum lutando com isto, resolvi ingressar no assunto.
Então qual é o material para o fabrico dos pneus? Como é a espuma?
Vi um vídeo no Ebay mas é para pneus de borracha e vi um outro no qual o cara tinha uma manta de pneus que disse ter comprado em uma loja mas o próprio vendedor da loja fez um comentário de que ele não tinha aquilo.
https://www.youtube.com/watch?v=WmpJLJ-JMUs
Como na minha cidade existem fábricas de espuma de colchão (polietileno expandido), depois vou ver se um cara de espuma me faz uma caixa para experiência.
Por outro lado arranjei uma placa de EVA e fui brincar... é aí que começa a história.

1 - O amigo me deu uma plaquinha de EVA de 1m x 1m com espessura de 20mm que, pelos meus cálculos dá para fazer 1600 pneus... Creio que é o suficiente. Este material é vendido para tatame de academia de luta, recreação infantil ou academia de ginástica. O preço é uma merreca, donde se entende porque um par de pneus de espuma custa R$ 5,00.

2 - Eu tirei uma ponta que estava rasgada, que pode ser vista na primeira foto. Verifiquei que dava para fazer três pneus. Usei um gabarito de círculos para desenhar círculos de 25mm de diâmetro.

3 - Usei uma broca para furar o EVA. Em um vídeo que vi o cara usava uma serra copo que ele mesmo fabricou para fazer o furo na dimensão do cubo. Eu quiz fazer o furo menor para não precisar de usar cola mas isto complica na hora de colocar no cubo para lixar. Penso que o furo tenha de ser 1mm menor que o diâmetro do cubo somente, para não ficar muito deformado na colocação. Ou então do mesmo diâmetro para entrar fácil e depois colar.

4 - A terceira foto mostra os pedaços separados enquanto que a quarta foto mostra os pneus pré-arredondados. Caso isto não seja feito fica muito ruim o início do trabalho de desbaste no pneu.

5 - A quinta foto mostra o uso de uma retificadora. É claro que não é a ferramenta certa mas eu não tive vontade nenhuma de esperar para ver o resultado: não tinha pivô par prender o cubo no eixo; não tinha a lixa presa em lugar nenhum; o eixo que usei não era rígido o suficiente, etc, e toquei pra frente. usei a lixa que tinha lá (creio que 100 ou 120) e pronto.

6 - Na última foto coloquei o pneu que fabriquei no carro para ver como fica. Azul é fogo, e até parece que ficou bom mas não está não pois vai quicar que nem carbureto em água.

Resumo do momento, no aguardo de comentários: tem de ter um torno que preste! A próxima etapa será a construção de um torno nos moldes do Hudi e amanhã vou no torneiro para encher o saco dele levando o que já tenho: bases e motor. Um dor tornos que vi (TWP) me parece que é um abrasivo tipo rebolo mas o Hudi parece que usa lixa mesmo. O problema é trocar quando gasta.

Quanto ao material que usei (EVA) me parece um pouco duro mas o grip na pista SCX não senti como mal. Algo similar aos pneus de borracha mesmo. Vou continuar procurando o fabricante de espuma para ver como definir uma densidade adequada. Eu tenho aqui espuma D60 mas parece macia para o pneu e creio que teria de ser algo em torno de D90 ou D120 (que não existe à venda). Também vou procurar entender como se define a densidade D60 pois as medidas para pneu são diferentes.

Discussões abertas!!!
abraço
Fusaro
Anexos
Ponta do EVA que tirei da placa de 1x1m
Ponta do EVA que tirei da placa de 1x1m
Conjunto pré-furado
Conjunto pré-furado
Peças cortadas
Peças cortadas
Pneus pré-arredondados para facilitar
Pneus pré-arredondados para facilitar
Uso da retificadora
Uso da retificadora
Montagem no carro para comparação
Montagem no carro para comparação

Avatar do usuário
Roberto Pesserl
Mensagens: 541
Registrado em: 20 Out 2015 09:47
Localização: Curitiba

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Roberto Pesserl »

Bom dia.
Já viu o torno sugerido pelo Guedes?
Bom, bonito e barato a meu ver.

Quanto ao uretano:
Carbamato de etila
Composto químico
Carbamato de etila é um composto químico com a fórmula molecular C₃H₇NO₂ preparado primeiramente no século XIX. Estruturalmente, é um éster de ácido carbâmico. Apesar de seu nome comum, não é um componente dos poliuretanos. Wikipédia
Fórmula: C3H7NO2
Densidade: 1,06 g/cm³
Para formulação, texto sugestão.
file:///D:/Meus%20Documentos/Downloads/endurit_piso_an(11).pdf

http://www.polipiso.com.br/produto/3-re ... tanos.html
Anexos
Torno do Guedes
Torno do Guedes
Roberto/Curitiba PR

wesley190
Mensagens: 2201
Registrado em: 03 Mai 2012 14:00
Localização: BRASILIA DF

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por wesley190 »

vc como sempre trazendo bons atalhos para conseguirmos manter o hobby a um custo x beneficio mais em conta em fusaro!!!
parabens pelo projeto parceiro
alias essa EVA tem servido p muita coisa ne, pneus e tambem zebras , que alias eu irei fazer aqui p minha pista haja vista o preço altissimo de um pacotinho de zebras ninco :(
Wesley Reis/ DF

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

Roberto, eu achei interessante o torno do Guto Guedes mas o problema é o paralelismo da lixa em relação ao pneu. Ele fez um torno específico para réplicas colocando todo o eixo para rodar.
Eu já pensei em usar simplesmente o carro e pensei: "porque isto não é feito?" Bem, creio que não é feito porque não fica bom, você rebaixa mais um lado do que o outro do pneu e também um pneu fica diferente do outro.
Também os tornos que vi giram tanto a lixa quando o pneu, sendo que em um a lixa é uma espécie de rebolo.

Roberto, o site que me mandou é para uma pintura de piso em uretano ou epoxi. É um material para regularização de superfície e fica duro pacas.

Wesley, grato pelo incentivo, espero continuar espezinhando todo mundo a me ajudar a pensar. Pena que me esqueço demais o que escrevo nos tópicos. Às vezes acho um tópico interessante e vou lê-lo. Acabo encontrando uma opinião que se parece com a minha e, quando vou ver, sou eu mesmo que já passei por ele e nem me lembro mais. Estou começando a ficar preocupado, kakakakakaka

Quanto a EVA eu comprei uma pá de folhas disto de diversas cores e nunca usei. É barato pacas e muito útil. Já pensei em colocar nas defensas para proteger a lateral dos carros. Inclusive, para isto, vende-se um material de colocar na mesa para o prato não escorregar que é ótimo para se cortar em tiras e fazer qualquer coisa neste sentido.
Eu vi um vídeo no YouTube de uma pessoa moldando o EVA com calor em uma forma alto e baixo relevo. Muito legal e dá para pensar em alguma aplicação boa.

Já quis fazer as defensas de gesso, que é muito fácil, mas agora estou interessado nos moldes de silicone azul... só não sei se vale a pena o peso final do gesso,

Abraço
Fusaro

wesley190
Mensagens: 2201
Registrado em: 03 Mai 2012 14:00
Localização: BRASILIA DF

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por wesley190 »

Vou dar uma olhada nesse video do youtube...deve ser interessante
abçs
Wesley Reis/ DF

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

Era uma senhora fazendo uma flor, ela tinha um molde em baixo relevo, colocou a placa de EVA em cima e aqueceu com o ferro de passar. Depois colocou dentro o alto relevo apertando o EVA. Algum tempo depois tirou tudo e a rosa ficou perfeita.
Eu encontrei no ferro velho daqui uma lata cheia destes moldes em alumínio para fazer folhas mas... o que eu vou fazer com folhas? kakakak
Fusaro

Fusaro
Mensagens: 1526
Registrado em: 22 Fev 2012 23:46

Re: Experiências do Dr. Silvana

Mensagem por Fusaro »

Olá, quem estiver procurando Jig de limpeza de pneus com lixa fina (ou o que achar necessário), passei na marcenaria hoje e fiz um monte de plaquinhas para montar o Jig.
Agora vou espargir uma tinta rala para puxar os fiapos da madeira, lixar de novo e pintar para ficar legal.
Depois vou colar a lixa e colocar os contatos.
Por fim colocarei pontos de silicone embaixo para prender na mesa.
Vou tirando fotos à medida do andamento do trabalho para quem tem facilidade de fazer.
Para quem quiser comprar ainda não sei o preço mas deve ficar bem barato, de 40 a 60 reais. O material é bem barato, mais caro é a mão de obra.
Abraço
Fusaro
Anexos
Pilha de placas de MDF para fazer o Jig de limpeza.
Pilha de placas de MDF para fazer o Jig de limpeza.

Responder